Mais informações

Acionamentos para motores DC em corrente contínua, aplicações com solinóides e outras cargas em DC
– DCREG2 de dois quadrantes
– DCREG4 de quatro quadrantes

Os dispositivos da série DCREG são conversores CA/CC com controle completamente digital, adaptados à alimentação do circuito de armadura e de campo de motores em corrente contínua com o objetivo de exercer um controle de velocidade ou de torque operacional nos quatro quadrantes, para o DCREG4, ou em dois quadrantes, para o DCREG2.

O conversor tiristorizado DCREG pode ser usado para alimentar cargas fortemente indutivas como eletroímãs. Os problemas de aplicação associados a essa tipologia de carga foram resolvidos por meio de um algoritmo de controle desenvolvido especificamente para os conversores DCREG4.

Alimentação do circuito de controle
380-500 Vac monofásico (-20%, +10%)
24 Vdc (-10%, +15%)

Alimentação máxima de armadura
440Vac / 500Vac / 600Vac / 690Vac

Alimentação máxima de campo
200-500Vac

– Potenciômetro digital integrado
– Controle local do teclado
– Insensibilidade ao sentido cíclico (simplifica a conexão com o implante)
– Alimentação independente entre controle e potência
– Oito entradas programáveis
– Quatro entradas analógicas programáveis 0-±10Vdc, 0(4)-20mA
– Dupla entrada encoder
– Cinco saídas de relé programáveis
– Tensões auxiliares (24Vdc, ±10Vdc, 5Vdc)
– Uma saída analógica de velocidade (±10Vdc)
– Uma saída analógica de corrente (±10Vdc)
– Duas saídas analógicas programáveis 0-±10Vdc, 0(4)-20 mA
– Em conformidade EMC EN61800-3 ed. 2, Ambiente 2, Categoria C3, EN55011 gr.2 classe A
– Certificações CE, EAC e UL (até o modelo DCREGX.350)
– Compatível com o software REMOTE DRIVE para controle à distância

– Realimentação de tacômetro, encoder e armadura
– Comunicação automática da retroação em armadura em caso de quebra do dínamo/encoder (maior segurança de funcionamento)
– Auto-calibração de corrente e velocidade (reduz a possibilidade de erros e os tempos de instalação)
– Auto-calibração de campo (reduz a possibilidade de erros e os tempos de instalação)
– Conversor de campo integrado (reduz a corrente de campo quando o motor está parado)
Boost de campo (aumenta o binário de arranque do motor)
Predictive control (aumenta a resposta dinâmica do motor)
– Multímetro integrado
– Multi-rampa de velocidade
– Rampas em “S”
– Duplo anel de velocidade com regulador
– Controle do limite de corrente de degrau ou hiperbólico
– Sete níveis de velocidade
– Comando JOG
– Alarme auto-reset
Timer nas saídas digitais

A unidade de clamping CU400 protege o DCREG4 quando o dispositivo é submetido a perigosas condições de sobretensão geradas quando a rede de condução de corrente do imã se abre inesperadamente. Nesses casos, o CU400 interrompe a alimentação, evitando assim o perigo da sobretensão. Para garantir uma correta função de clamping, a unidade CU400 deve ser conectada diretamente ao lado DC do conversor. Essa configuração geralmente é necessária no caso de eletroímãs instalados em gruas-pontes.

– Teclado
– Kit para adicionar controle à distancia ao teclado (distância de 5 metros)
– Interface RS232/485 com protocolo de comunicação Modbus RTU
– Cartão de comunicação: Profibus DP, DeviceNet, InterBus, CANopen, ControlNet, Ethernet+IT, Lonworks, etc
– Kit proteção IP20
– Indutor de entrada
– Filtro EMC de entrada adicional classe B
– Kit separação dissipador
– Fusíveis rápidos
– Unidade de clamping CU400 para eletroímãs